sábado, 21 de junho de 2014

Não faça do Facebook, uma "arma" contra você.


O texto abaixo surgiu após o término de relacionamento de uma pessoa amiga. Onde esta 'encontrou' a conversa do skype do ex falando com a ex e, por fim, terminando o relacionamento. Então, se achando 'o dono da verdade' começou a enviar aconversa para os emails dos conhecidos - desejando difamar esta pessoa - até chegar ao meu conhecimento. Só respondi que achei aquela atitude infantil e que não achava isso legal. Nessa mesma época encontrei a página de facebook do Dr. Felipe Caxeiro - Psicanalista, que trazia esse resumão maravilhoso (imagem acima) de como superar alguns sofrimentos e não ser atraído a 'se vingar' nas redes sociais, ou seja: a não descarregar para o mundo, quando estamos magoados e feridos por amor. E, como uma forma de comunicar através da visão de um profissional, fiz esse textinho. Poderia ajudar ou não, mas acho que a 'carapuça serviu', porque depois a pessoa comentou comigo que não iria mais ter essa atitude.  



Todos nos sabemos que o FIM DE UM RELACIONAMENTO impõe muita coragem em um dos dois seres. Alguém teve que dar o basta. Mas o relacionamento é feito de DUAS PESSOAS, não existe relacionamento amoroso ou de amizade de UM. Só o amor platônico, que é lindo, é lindo amar/admirar, sem esperar nada em troca, mas não serve para todos. Quem quer casar, ter uma família, filhos, precisa de um par, né? E nós seres normais (não aqueles seres de luz como os budas e Chico Xavier) esperamos algo em troca. Pelo menos que a pessoa responda um beijo, uma ligação ou um ato de carinho.

Entre altos e baixos e relacionamento tem que estar com mais positivos do que negativos, mesmo que as dificuldades existam. Quando as coisas não estão indo para um rumo legal, alguém vai ter que tomar uma atitude e sair do conformismo se o relacionamento está levando a infelicidade, seja por insegurança, por medo, por qualquer outro motivo... Se isto estiver acontecendo, é melhor se afastar, assim é possível permitir que novas coisas MARAVILHOSAS possam acontecer na vida de cada um. Mas só se levar do que foi vivido, para um crescimento futuro, como um aprendizado.

Felizmente não somos perfeitos e iguais. Já pensou se todo mundo gostasse e fizesse só as mesmas coisas?

Do tipo, sair todo mundo com o mesmo cabelo, mesma roupa, ouvindo a mesma música... O MUNDO SERIA EXTREMAMENTE CHATO E REPETITIVO!!!

Então, se você está passando por algum momento triste e se decepcionou com alguém e deseja pensar sobre isso, tenho algumas questões para destacar:

1. Por que você mantinha um relacionamento com esta pessoa? Você gostava dela como ela era?

Se você acha que sim: analise se na hora que ela foi sincera e se apresentou para você, como era de fato, qual atitude você teve. Critica-la?
Se você acha que não: Falar mal dela pra todas as pessoas que ela conhece e ficar horas e horas escrevendo, criticando e cobrando algo... (é baixo, muito baixo e feio!). Resolva os problemas com a pessoa relacionada a eles.

2. Você sabe respeitar a diferença do outro e tentar entender por que ele age de uma forma diferente de você?

Se sim: então entenda a separação e siga a sua vida.
Se não: faça algo diferente, vai se reciclar. Ninguém é propriedade de ninguém (ou não deveria ser). O amor tem de ser livre!

3. Você está preparado para um relacionamento? O que você tem feito para evoluir nesse quesito?

O relacionamento e o amor são uma arte. É preciso estudar, pesquisar e analisar os fatos e os atos. É preciso ter experiência. Que tal montar o seu Curriculum Vitae do Relacionamento? Vai lá e dá uma pensada, quais são as suas habilidades. Quais são suas experiências e das pessoas que entraram e saíram da sua vida. O que você aprendeu o que você ensinou. Como pôde contribuir com seus relacionamento ou se foi você que levou aquela situação à falência.

Como qualquer área de sua vida, a vida pessoal também precisa de reciclagens e evolução. isso é pessoal, tem que partir de você, é necessário antes de tudo uma AUTOANÁLISE. Se você quiser apontar o defeito de alguém. Se olhe primeiro no espelho!!!

E é claro que dá pra ser muito feliz sem a outra pessoa. Assim como é certo que a separação/decepção nos machuca. Ela nos tira o chão, o rumo, o nosso cotidiano. Para um novo recomeço vai ser preciso refazer as atividades do fim de semana (que eram totalmente pensadas no outro, em 'nós dois'). Será necessário ligar para os velhos amigos que ficaram esquecidos no seu tempo de paixão e jogar aquele papo furado da saudade... Lembre-se que você abandonou os amigos para viver um amor, mas esses sempre te recebem de volta (isso é um amor sem possessividade, entende a diferença?).

Se contarmos os anos que estamos vivos e o tempo que alguém passou na nossa vida, há inúmeros dias e meses que esse Ser não estava lá e vivíamos do mesmo jeito e que também éramos felizes

Mas também é necessário enfatizar aqui que: um dia a gente está numa posição e outro dia se está em outra. Não sei se é mais difícil 'levar um fora' ou 'dar um fora' de/em alguém. Que tal dar um fora na própria hipocrisia, dando lugar a crítica construtiva? Que tal dar um fora na negatividade, dando lugar a um novo recomeço?

Enfim, hoje estamos num mundo muito aberto através de toda essa tecnologia e eu, confesso que, estou bem infiltrada nessa coisa e tenho repensado muito sobre isso. Mas para termos essa liberdade, pra usarmos esse meio de expressão é necessário acima de tudo ter ética. Ter ÉTICA é não fazer com o próximo o que não gostaríamos que fizessem com a gente. Mesmo que estejamos MUITO MAGOADOS. E para finalizar essa pequena introdução de uma análise: Se você pensar bem lá no fundinho, será que nunca magoou alguém?

Por favor, OLHEM PARA FORA. Olhem mais do que o óbvio, se permitam viver fora dos seus LIMITES E DO SEU PRÓPRIO UMBIGO! 


É tocar a boa pra frente, é tirar o máximo da situação, aprender, reaprender!

Mais sobre o tema separação e superação do rompimento?

Você pode encontrar vídeos motivadores em: Como Superar o Término de um Relacionamento  (partes de 1 a 7) no canal do Youtube Seja Inabalável, por Rodrigo Santiago - Coach.

2 comentários:

  1. Oi,que cantinho gostoso cheio de coisas a acrescentar pra todos que leem... cheio de boas palavras e idéias,um grande bj vou estar sempre por aqui,
    Volte sempre em meu cantinho também vou adorar te receber..
    casadolaguna.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ao visitar alguns blogs me deparei com o seu, e quero dar-lhe os parabéns por partilhar o seu saber, gostei por isso deixo aqui um convite:
    Ficaria radiante se visita-se o meu blog, e leia alguma coisa, meu blog é um blog cristão que fala de diversos assuntos.
    É o Peregrino E Servo.
    Desejo muita paz e saúde.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir